izabelreigada-dias-intensos-em-cancun-3
Dias intensos em Cancun
March 11, 2016
Onde nasce o sol mexicano
Onde nasce o sol mexicano
March 17, 2016

As janelas do Museu do Prado

Museu do Prado

Ele é um dos grandes museus do planeta. No centro de Madri, o Museu do Prado foi inaugurado em 1819 com 311 pinturas em seu catálogo e, desde então, foi enriquecido com obras guardadas nos acervos reais da monarquia espanhola, além de um sem número de doações e aquisições. Hoje, mais de 2,3 mil pinturas e esculturas formam parte da coleção, uma das mais importantes do planeta. O edifício, projetado pelo arquiteto Juan de Villanueva em 1785, é outra obra de arte.

Minha primeira visita ao Museu do Prado foi há quase 20 anos. Desde então, estive muitas vezes lá, já que pude morar por quase dois anos na capital da Espanha. No mês passado, estive de novo nesse museu. Gosto de visitá-lo sem roteiro, revisitando algumas obras e deixando-me encantar por novidades… para mim. Afinal, muitas dessas obras estão em exposição muito antes da minha primeira visita ao museu, sendo novidade apenas para minha nova forma de observá-las. Desta vez, as “novidades” foram os cinco quadros da coleção “Os cinco sentidos”, de Rubens e Jan Brughel, conhecido como El Viejo. Os quadros El Gusto, La Vista, El Tacto, El Olfato e El Oído me encantaram, sobretudo este último.

 

Museu do Prado

El Oído, de Rubens e Jan Brughel, um dos quadros da coleção “Os cinco sentidos”, no acervo do Museu do Prado

 

Subjetiva, a arte produz impacto diferente em cada um de seus apreciadores. Pessoalmente, gosto de me deixar surpreender inclusive pela disposição das obras nas muitas salas de exposição, por isso dispenso os roteiros (sempre que haja tempo de uma visita tranquila, com tempo). O site do Museu do Prado, no entanto, é um prato cheio para quem quer apreciar as obras sem estar em Madri, mas é também um convite para quem planeja visitar o museu, com uma série de itinerários sugeridos. Vale visitar o site – e ainda mais o museu, que fecha apenas três dias ao ano: 1º de janeiro e de maio e 25 de dezembro.

Abaixo, algumas das obras que mais me impressionam. As pinturas do espanhol Francisco Goya foram as primeiras que me surpreenderam, com destaque para fase negra do pintor e seu impactante “Saturno devorando seu filho”. Em outras visitas, pude apreciar outros clássicos, como “Las Meninas”, de Diego Velázquez, e “O Jardim das Delícias”, de El Bosco. Eles estão nesse álbum de fotos abaixo, junto com os demais quadros da coleção “Os cinco sentidos” que me encantaram nessa última visita. E você, já visitou o museu? Que tal visita-lo on-line e tentar escolher um quadro “especial”? Boa visita! www.museodelprado.es.
Veja mais fotos no álbum:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *